23 Guindastes de torre Liebherr da série EC-B e EC-H

A divisão de guindastes de torre Liebherr mostra-se mais uma vez eficiente na construção de aeroportos: no total, são utilizados 23 guindastes de torre Liebherr para a expansão do “Santiago Nueva Pudahuel International”, no Chile, de modo que 15 guindastes Flat-Top e três guindastes High-Top já foram montados e garantem o manuseio ideal das cargas.

23 Guindastes de torre Liebherr da série EC-B e EC-H

23 Guindastes de torre Liebherr da série EC-B e EC-H

O aeroporto de Santiago do Chile expande seu status como um dos centros mais importantes da América do Sul. Os operadores ampliam a área para 265.000  m² e adquirem um terminal adicional. Após a conclusão, o aeroporto aumentará em mais do que o dobro sua capacidade total, chegando a 30 milhões de passageiros por ano. O número de pontes de embarque de passageiros, passará de 18 para um total de 67. Além disso, o número de vagas de estacionamento será duplicado.

Frota de guindaste de torre Liebherr em ação

O construtor realiza o projeto com 23 guindastes de torre Liebherr. A Liebherr-Chile S.p.A. já montou sete guindastes do tipo 250 EC-B 12 Litronic, quatro 150 EC-B 8 Litronic e um 280 EC-H 16 Litronic. Seis guindastes do revendedor chileno Maquinarias Cruz del Sur também estão em uso: um 280 EC-H 12 Litronic, dois 200 EC-H 10 Litronic e três 90 EC-B. Desde o final de 2016, os 18 guindastes de torre trabalham em turnos duplos no canteiro de obras, com comprimentos de lança de 45 a 60 m e alturas de gancho de 17 a 45 m. De acordo com o status atual, cerca de 70 por cento do aeroporto já está concluído. Outros guindastes de torre Liebherr irão acompanhar a construção dos estacionamentos – estão previstos três 110 EC-B 6 e dois 154 EC-H.

O fator decisivo para escolha dos Guindastes de Torre Liebherr pelo consórcio Vinci-Astaldi foi a filial da Liebherr em Santiago. Além dos guindastes de torre Liebherr da sua frota, o revendedor Maquinarias Cruz del Sur também oferece aos clientes a montagem, serviços e operadores para todos os guindastes. A Liebherr-Chile S.p.A. disponibiliza um experiente técnico de assistência para o suporte – em geral, um bom pacote para que o cliente não precise sepreocupar.

Altura de montagem limitada para guindastes

O departamento de projetos Tower Crane Solutions da Liebherr auxiliou o consórcio com consultoria e ações, planejando como o grande canteiro de obras poderia ser abrangido de maneira mais econômica, Na elaboração do projeto, é essencial escolher corretamente os tipos, quantidade, posicionamento e dimensionamento dos guindastes. Aqui, a situação do respectivo canteiro de obras desempenha um papel fundamental. Na construção de aeroportos, por exemplo, as alturas permitidas dos guindastes são muito limitadas. Para poder trabalhar com muitos guindastes nos espaços mais estreitos, os técnicos de assistência montaram um guindaste Flat-Top 250 EC-B 12 Litronic sobre trilhos para a construção de um dos terminais. Desse modo, o guindaste pode atender uma parte maior do canteiro de obras e ser colocado fora de operação em uma posição na qual ele possa rotacionar livremente. Como medida de segurança adicional, todos os guindastes são equipados com um sistema anticolisão do fabricante francês AMCS technologies.

Para o aeroporto de Santiago, houve várias negociações com o consórcio especialmente criado para o projeto, formado pelas construtoras Vinci e Astaldi desde outubro de 2015. Em meados de setembro de 2016 o contrato foi assinado com o revendedor Maquinarias Cruz del Sur.

Visão geral dos guindastes Flat-top EC-B

Os guindastes Flat-top EC-B apresentam montagem simples e prática. Equipados com unidades de transmissão potentes, esses guindastes Flat-top oferecem soluções sob medida. Visão geral do produto de guindastes Flat-top